Header Ads

Leandro Damião ajuda torcedor durante vendaval no RS

____________________________

Leandro Damião ajuda torcedor durante vendaval no RS

Leandro Damião ajuda torcedor durante vendaval no RS

Matéria publicada no Globoesporte.com  segunda-feira, 02/10/2017,  16h49  - Atualizado há 5 horas


O adolescente Alessandro Grabinski aproveitava um final de tarde de domingo aparentemente tranquilo para desfrutar de um espetáculo de circo em Porto Alegre, ao lado da namorada, às margens do Guaíba, próximo do Beira-Rio... Até um temporal com ventos de mais de 100km/h atingir a capital gaúcha e transformar o momento de lazer em instantes de pânico, só remediados pelo centroavante do Inter Leandro Damião.

Da descontração ao temor, as rajadas ergueram as lonas e fizeram voar cadeiras e barras metálicas da estrutura de sustentação do picadeiro. Desesperado, o jovem de 17 anos conseguiu se abrigar em um banheiro químico com a namorada, ao lado de de um pai com sua filha pequena. Era o atacante colorado, como um anjo. Não só para acalmá-lo e dissipar o pensamento inicial de que iria "morrer" em meio ao vendaval. Mas também para ampará-lo com uma carona até um lugar seguro.

– A gente estava vendo o espetáculo. Aí, começou o vento e a lona das laterais começou a cair. Eu já tentei achar o lugar mais próximo. Foi horrível. Quando deram um grito, me atirei para achar a saída. Tinha muita gente pisoteando uma a outra. Fui um dos primeiros a sair, mas voltei para procurar minha namorada. Estava uma correria. Muitas coisas voando, cadeiras. Eu tentei entrar no banheiro e ficar protegido. A gente conseguiu. Tinha um rapaz e uma criança. Eu falei: "Acho que a gente vai morrer". Ele me acalmou e falou: "Vamos ter fé, vamos rezar, que tudo vai ficar bem" – afirma o adolescente, em contato com o GloboEsporte.com.

Continue lendo - Globoesporte.com